Ana Dantas - Nutricionista

Este Blog não contém receitas unicamente light ou estritamente "saudáveis", portanto antes de iniciar qualquer dieta ou cardápio , procure um nutricionista.
Antes de realizar qualquer receita, leia atentamente e entenda, para depois inicia-la.




quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Caneloni de Berinjela

 

 

 Pra mim, sempre é um desafio, querer gostar de um alimento que ainda não gosto. Nessa receita usei dois, que não gosto: berinjela e banana. A combinação deu certo, me inspirei numa receita dada por um restaurante Plant Based  de São Paulo , Simplesmente. A inspiração foi ótima, e adorei comer berinjela com banana, surpreendente o sabor. Ah! e o molho de tahine é fundamental, não deixe de fazê-lo.

Ingredientes para caneloni:
  • 1 berinjela em fatias finas.
  • 1 banana amassada
  • tempero que goste, como salsa ou cebolinha picadinha;
Molho:
  • azeite de oliva extra-virgem
  • tahine - que é pasta ,de uso culinário árabe, de gergelim, encontra facilmente em qualquer supermercado
  • suco de limão, qualquer tipo de limão;
  • sal opcional;
Preparo:
Corte a berinjela, e deixe um minutinho na água com sal e vinagre. escorra, e seque com papel toalha.  e numa frigideira com um pouquinho de azeite, grelhe, até sair o aspecto de cruas.
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
Para o recheio, que será de banana, só amassei a banana com garfo e salpiquei salsinha bem picadinha, e nem salguei, deixei com o sabor doce da fruta.
 
 
 
 
 
Disponha as fatias de berinjelas uma ao lado da outra, ou se quiser, pode fazer em rolinhos
individuais, tanto faz. recheie e enrole.

Molho: junte uma 4 colheres de azeite de oliva + 1 colher (sobremesa) de Tahine (que é uma pasta de gergelim), suco de limão(coloque uma quantidade que goste, e sal se for necessário.
 

Rocambole de abobrinha

 
 

Saber que  os vegetais tem que fazer parte da nossa alimentação, nós sabemos, mas comer da mesma maneira diariamente, ou durante toda a vida, é muito difícil, pra não dizer impossível. Então, sempre tento pensar, ou procurar variar, variações sobre o mesmo tema, eu digo. Que é mais ou menos assim: posso comer abobrinha minha vida inteira, mas pode ser raladinha, em cubos, crua, recheada,  assada, cozida, grelhada, com isso, com aquilo...entendeu? Posso variar o preparo, assim, dessa maneira, conseguirei comer "abobrinha" durante minha vida...Hoje apresento uma nova versão da abobrinha, Ela será a base do rocambole, como se fosse a massa, e ficou uma delícia, e,  até enjoarmos, será prato de 1X por semana, lá em casa!Vamos à receita:

Resultado de imagem para abobrinha menina
Para essa receita, usei a abobrinha menina, que é essa aqui ao lado. Ela é verdinha, e para o rocambole, escolho as que tem o "pescocinho" mais grosso, e a base (que é a parte com sementes) mais estreita. Pois essa parte com sementes não usarei, pois solta água (oriunda do próprio vegetal)
 
 
INGREDIENTES:
  • 1 abobrinha laminada (passada na lamina inteira do ralador, com cuidado para sair inteira);
  • 2 colheres (sopa) de creme de ricota da sua marca favorita;
  • 1 alho-poró inteiro, em aneis finos;
  • queijo parmesão ralado grosseiramente, ou pode ser de pacotinho;
  • Queijo Muçarela em fatias;
  • Recheio você escolhe: carne moída ou espinafre abafado ou frango desfiado, e é opcional. Se você quiser, pode ficar sem.
PREPARO:
Numa assadeira grande, cubra com uma folha de papel manteiga, unte com azeite de oliva, e polvilhe um pouco de queijo ralado
 
Deite, as fatias de abobrinha, uma fatia sobreposta a outra, como se fosse escamas de peixe..  Assim, como na foto-------------

 
 
Salpique um pouquinho de queijo ralado, e leve ao forno pré-aquecido, por aproximadamente 45/50 minutos
                                                                   Para cozinhar e secar a abobrinha.








Enquanto, está no forno, prepare o recheio. Refogue o alho-poró em pouquinho de azeite, se você quiser, eu não coloco nada, só abafo. Assim que estiverem ficando transparentes, adicione o creme de ricota, e reserve.









Pronto, as abobrinhas assadas e sequinhas, hora de rechear: coloque a pasta de alho-poró, cubra com fatias de muçarela. Assim já fica ótimo. Se quiser, pode nesse momento adicionar por cima dessa pasta de alho-poró, mais um recheio como carne moída refogada e bem sequinha, ou frango desfiado ,espinafre cozido ou peito de peru em fatias.
                                                             Todas as opções ficam boas, já testei!

Colocado recheio, você vai enrolar, delicadamente usando o papel como guia, e descolando as abobrinhas. Pronto, está pronto. Se quiser, pode colocar mais um pouco de queijo ralado (parmesão ou muçarela), e levar para dar essa queimadinha, como ficou na foto, lá de cima. Faça, fica muito bom!



terça-feira, 17 de julho de 2018

Mix de sementes

 Mix de sementes
Semana passada estive em um Congresso, o 9ºCongresso Brasileiro Glúten Free, mas, apesar do nome, a intenção não era eliminar o glúten da vidas de todas as pessoas, a intenção verdadeira era nutrir da melhor maneira o ser humano, de acordo com suas necessidades individuais. E, eu como nutricionista, gosto de associar nutrição à culinária. Sim, sou uma nutri que cozinha, e amo descobrir novos sabores com valor nutricional agregado. Aqui está uma boa mistura para acompanhar saladas, ou como snack saudável.
 
 
 
 
Ingredientes:
  • 2 xícaras (das de chá) de sementes de abóbora ou +;
  • 2 xícaras (das de chá) de sementes de girassol ou +;
  • 1 colher (das de café cheia) de sal;
  • 1 colher(das de café cheia) de páprica defumada;
  • 1 colher (das de chá) de cúrcuma;
  • 1 colher(das de café)de gengibre em pó;
  • 1 pitadinha de alho em pó.
 
 
 
 
 
 
PREPARO:
Numa assadeira, coloque as sementes e levei ao forno para aquecê-las. Quando você perceber que essas sementes estão bem quentes, você irá tempera-las.
Coloque os temperos num potinho e adicione 2 colheres de água filtrada, dissolva bem .
As sementes estando bem quentes, quando você jogar o tempero úmido, ele se colará às sementes.
Misture bem, e volte a assadeira ao forno, para o tempero secas e aderir às sementes. Quando estiver bem seco, SEM QUEIMAR, tire do forno, deixe esfriar, e acondicione em um pote de vidro com tampa.
Essas sementes poderão ser consumidas na salada, ou como belisco, são deliciosas
 
 
 
                                                                                                                      
 

quarta-feira, 23 de maio de 2018

PIzza de Couve-Flor



 
__________Pizza De Couve-Flor __________
 
Tem cara de pizza, nome de pizza, mas não é pizza, e sim uma variação de como usar a couve-flor.
Ingredientes:
  • 1 Couve-flor ;
  • 1 Gema de ovo, sem a clara;
  • sal à gosto;
  • Muçarela ralada ou em fatias
  • Tomates em rodelas
  • Orégano;
  • azeitona.
Para a "massa":
Imagem relacionadaDê uma pré-cozida na couve-flor, por 3 a 5 minutos em água quente, escorra e seque com um pano de prato limpo.. Leve essa couve-flor ao processador com a gema e tiquinho de sal.Essa massa deverá ser estendida delicadamente em uma forma antiaderente redonda, e levada ao forno para pré assar.
Levar para assar. Geralmente eu não coloco na grade , e sim  parte mais baixa do forno, próximo da chama, para essa massa secar e tostar por alguns minutos. À partir daqui a massa já está pronta, e seca, sendo que poderá ser pré-preparada com antecedência.
Para o recheio:
À partir daqui, montar o recheio, que costumo fazer a clássica, com muita muçarela eu nunca coloco molho, para não encharcar a massa, e distribuo muitas rodelas de tomate e orégano. Levo novamente ao forno pré-aquecido para derreter tudo! Prontinha, Bom Apetite !
______________________________________________________________________________

Arroz de couve-flor



Resultado de imagem para couve-flor processada e congelada

---Arroz de Couve-Flor---


Como preparar a couve-flor:
Imagem relacionadaÉ simples, faça assim:

  1. Compre uma couve-flor bem branquinha ;
  2. Separe os floretes e o caule, lave em água corrente e seque com papel absorvente ou um pano de prato limpo;
  3. Leve essa couve-flor ao processador ou liquidificador, e pulse. Se quiser, pode passar no ralador, também dá certo.
  4. A partir daqui, você tem duas opções, ou preparar o "arroz" OU coloca-la em saquinhos zip e congela-la.

Arroz de couve-flor:

  1. Numa panela, a mesma que você prepara arroz, coloque um pouquinho de óleo, (ou azeite ou manteiga, ou uma gordura que você goste);
  2. Refogue alho espremido e cebola picadinha, deixando liberarem os aromas, mas não deixe queimar;
  3. Junte a esse refogado a couve-flor processada, e com uma colher, vá delicadamente refogando. Não precisa adicionar água!
  4. Adicione o sal, quando a couve-flor estiver quase cozida, e quando ela perder o gosto de crua, estará pronta. Pode adicionar pimenta, cheiro verde picado, ou qualquer outro temperinho conforme você e sua família gostarem.
Com essa base de couve-flor refogada, você poderá fazer qualquer opção como para o arroz, como risotos, e o arroz de todos os dias!

___________________________________________________________________________________
 

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Berries Balls

 

Berries Balls, são bolinhas de fruta seca, no caso  de cranberry, e adoçada com tâmaras, que devido à quantidade de frutose, deixa essas bolinhas deliciosamente doces.

Ingredientes:
  • 1 xícara(chá) de cranberry desidratado
  • 1 xícara (chá) de nozes
  • 4 tâmaras
  • farinha de amêndoas ou coco ralado seco sem adição de açúcar, para enrolar
Preparo:
Adicionar esses 3 ingredientes num processador, e pronto, já está pronto! Faça as bolinhas com as mães e passe-as na farinha de amêndoas ou coco ralado sem adição de açúcar.

Diferenca entre as berries


Chamamos de "berries" as frutas vermelhas que de alguma maneira ajudam no funcionamento do organismo e trazem benefícios à saúde.

Cranberry:
Frutinha pequena e vermelha,  rica em substâncias antioxidantes, possui aparência de cereja. Previne infecções urinárias, por possuir uma substância chamada pro antocianina, que tem a capacidade de impedir que as bactérias se proliferem no revestimento mucoso (epitélio) do aparelho gênito-urinário. Também diminuem os riscos de doenças cardiovasculares e o câncer.
Ela é rica em vitamina A, ideal para a visão. Vitamina C, fortalecendo a imunidade, e  ainda tem resveratrol, que faz com que os níveis de gordura no sangue sejam controlados, o que é excelente para o coração.
Ela também é rica em fibras, o que ajuda no funcionamento intestinal e pequeno valor calórico, cada 100 gramas da frutinha apresenta 46 calorias.
Na receita usei a cranberry desidratada que é facilmente encontrada em lojas especializadas ou em supermercados. Mas também são encontradas in natura, frescas.
 

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Docinho de coco LowCarb

ATENÇÃO esse docinho apresenta um valor calórico elevado, e destina-se para pessoas que estão em dietas individualizadas (com alto consumo de gorduras de boa qualidade, proteínas e carboidratos complexos).
Antes de fazer qualquer receita, verifique se está indicada para você!


Ingredientes  para as bolinhas de coco:
    Resultado de imagem para arcor 70% cacau
  • 3 colheres (das de sobremesa ) de nata
  • 3 colheres (das de sobremesa) de Coco ralado sem açúcar;
  • 3 colheres (das de sobremesa) de leite em pó (usei o molico);
  • 1 colher (das de sopa) de óleo de coco sem sabor (se quiser, pode usar "com sabor", fica a seu critério e gosto pessoal);
  • Adoçante em gotas, o suficiente para o seu paladar;
Para a cobertura, usei  20 gramas (1 tirinha)chocolate 70% da Arcor + 1 colher(das de chá) de óleo de coco.


Preparo:
  1. Derreta o óleo de coco no  micro-ondas para ficar líquido, junte o coco ralado, o leite em pó, a nata e o adoçante de sua preferência. Vá deixando todos os ingredientes bem incorporados e unidos.
  2. Leve essa mistura para gelar, aproximadamente 1 hora.
  3. A mistura estando firme, faça as bolinhas, eu uso uma colher das de chá como medida, para as bolinhas ficarem do mesmo tamanho;
  4. Leve as bolinha para gelar;
  5. Derreta a tira de chocolate no micro com o óleo de coco.
  6. Passe as bolinhas no chocolate e leve novamente para gelar. Passe totalmente ou parcialmente, como você preferir.
Essas bolinhas de coco são ótimas opções para consumo antes de atividade física ou lanchinho intermediário. Devido a quantidade de gordura, tem alto poder sacietógeno, portanto umas 3 bolinhas serão suficientes .

Lembrando, que essa receita é restrita para quem está em dietas com baixo consumo de carboidratos simples (farinha branca, açúcar) e consumo de proteínas e gorduras de boa qualidade!